Rua Avelino Tallini, 171, Lajeado, RS
(51) 3714-7023 •

Codevat lança formulário de pesquisa sobre condições da BR-386

  22 de junho de 2020   Lucas George Wendt/Codevat
O Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), cumprindo seu papel de mediador das demandas regionais, criou um formulário disponível a toda a população da região para colher opiniões dos usuários a respeito da concessão da Rodovia da Integração Sul pelo Governo Federal. A empresa CCRViaSul é quem administra as vias e a BR-386 é uma das rodovias que fazem parte da concessão.

“As informações e contribuições de todos cidadãos, enquanto usuários das rodovias, servirão como subsídio para a participação da nossa região no Grupo de Trabalho Paritário (GTP) da Concessão da Rodovia da Integração do Sul”, explica a presidente do Codevat Cíntia Agostini.

Dos 36 municípios do Vale, dez deles têm trajeto no percurso da concessão. A CCRViaSul já atua há cerca de um ano e meio como concessionária responsável. A cobrança de pedágio na BR 386 iniciou em fevereiro deste ano. Ainda para 2020 está prevista a restauração do pavimento. A duplicação da via deve acontecer em 2021.

O formulário busca oferecer uma perspectiva de avaliação completa de diferentes aspectos da rodovia. São questões estruturadas em cinco eixos que perpassam desde avaliação do atendimento da CCR ViaSul até da sinalização e do pavimento. Os dados coletados servirão para subsidiar a avaliação da concessão pelo GTP.

A atuação do GTP

O objetivo do GTP, órgão fiscalizador previsto em Lei, é discutir as questões da concessão da rodovia sob as perspectivas da eficiência, qualidade, segurança dos percursos e modicidade tarifária.

O grupo é composto pelos Coredes da área de abrangência da concessão (Vale do Taquari, Metropolitano, Vale do Caí, Botucaraí e Litoral); pela Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul); pela Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul); pela Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul (Fecam); pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), pela Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul e pelo Corpo de Bombeiros Militar do RS.

“O trabalho de fiscalização destas entidades é importante, e a sua opinião, mais importante ainda para qualificar o empreendimento e o trabalho da CCRViaSul. As informações prestadas por você neste formulário serão tema de trabalho do Grupo de Trabalho da Concessão e não serão utilizadas para outro propósito que não o de melhorar o atendimento”, detalha Cintia.

Confira os trechos que integram a Rodovia da Integração do Sul:

— Rodovia BR-101/RS - trecho compreendido entre a divisa dos Estados de SC/RS, em Torres/RS, e o entroncamento com a BR-290, em Osório (87,90 km);

— Rodovia BR-290/RS - trecho compreendido entre o entroncamento com a Rodovia BR-101, em Osório, e após o final da ponte móvel sobre o Rio Guaíba (98,10 km);

— Rodovia BR-386/RS - trecho compreendido entre o entroncamento com a BR-285/377(B) (para Passo Fundo) e o entroncamento com a BR-116, em Canoas (265,80 km); e

— Rodovia BR-448/RS - trecho compreendido entre o entroncamento com a BR-116, em Sapucaia do Sul, e o entroncamento com a BR-116/290, em Porto Alegre (21,60 km).

Em caso de dúvidas, o Codevat permanece à disposição por meio do e-mail codevat@univates.br.

Clique aqui para conferir a explicação do formulário pela presidente do Codevat.


Texto: Lucas George Wendt/Codevat