Rua Avelino Tallini, 171, Lajeado, RS
(51) 3714-7023 •

Codevat convida população para reunião com a CCR na quarta (15). Duplicação da BR-386 é a pauta

  12 de julho de 2020   Imprensa/Codevat
Considerando as necessidades de seguirem as discussões acerca da duplicação da BR-386 no trecho entre Lajeado e Marques de Souza, o Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) convida a população para uma reunião virtual para alinhamento das informações do projeto. A CCRViaSul será responsável pelo evento online na quarta-feira, dia 15/07, a partir das 17h45min.Clique aqui para participar do evento online.

A BR-386 faz parte da Rodovia da Integração do Sul, administrada pela CCRViaSul desde 2019. Dos 36 municípios do Vale, dez deles têm trajeto no percurso da concessão. A CCRViaSul já atua há cerca de um ano e meio como concessionária responsável. A cobrança de pedágio na BR 386 iniciou em fevereiro deste ano. Ainda para 2020 está prevista a restauração do pavimento. A duplicação da via deve acontecer em 2021 e neste momento iniciam os contatos com os residentes às margens da via.

Confira a mensagem da presidente do Conselho, Cintia Agostini: 

"Nos anos de 2021 e 2022 estão previstos contratualmente a duplicação de 20,3 Km da BR 386, entre Lajeado e Marques de Souza. A faixa de duplicação acontecerá na faixa de domínio da rodovia, no entanto existem interconexões, acessos, retornos, que precisam ser feitos conforme cronograma do contrato e que fazem limite com propriedades dos lindeiros à rodovia. Assim, a empresa que possui hoje a concessão, CCRViaSul, está fazendo várias incursões ao longo da rodovia, para identificação de pontos, para fazer todo o projeto de duplicação. Nestas condições e como estão tendo contatos com vários lindeiros à rodovia, convidamos a CCR para fazer uma reunião com todos nós, para esclarecer as etapas do que irá acontecer ao longo da rodovia nos próximos meses. Não se trata de encaminhamentos e sim, de esclarecimentos à sociedade do que acontecerá ao longo da BR 386 nesse trecho. Assim, como não possível termos uma reunião presencial, faremos uma reunião virtual, com os entes públicos, lindeiros e demais interessados, para apresentação do andamento do projeto e etapas que irão se seguir nos próximos meses".