RSS CODEVAT - Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari Notícias de CODEVAT - Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari Sat, 25 May 2019 07:04:16 -0300 Sat, 25 May 2019 07:04:16 -0300 Zend_Feed_Writer 1.12.11 (http://framework.zend.com) http://codevat.org.br/rss Codevat e Amvat se reúnem com Procon e SJCDH sobre telecomunicações no Vale Fri, 26 Apr 2019 19:15:18 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/254/?codevat-e-amvat-se-reunem-com-procon-e-sjcdh-sobre-telecomunicacoes-no-vale.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/254/?codevat-e-amvat-se-reunem-com-procon-e-sjcdh-sobre-telecomunicacoes-no-vale.html
Por meio de um formulário divulgado na página do Conselho no Facebook e na imprensa regional, o Codevat buscou entender previamente a realidade da área das telecomunicações no Vale do Taquari - apontada como crítica em um levantamento anterior, de 2014, e uma das prioridades do plano de estratégico regional do Corede.

O evento desta sexta-feira contou com a presença do secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) do governo de Eduardo Leite, Catarina Paladini; da diretora do Procon RS, Maria Elizabeth Pereira e do presidente da Amvat e prefeito de Teutônia Jonatan Brönstrup. O dirigente da Amvat e a presidente do Codevat, Cíntia Agostini, aproveitaram a oportunidade para entregar ao titular da SJCDH e a diretora do Procon um ofício que apresenta as demandas da região na área.

O documento, entregue em conjunto com a notificação do arquivamento da pauta anterior acompanhada pelo Ministério Público (MP) entre 2014 e 2018, a pesquisa realizada à época e o novo levantamento, encerra solicitando o apoio das autoridades para o atendimento pleno da cobertura de sinal no Vale do Taquari.

A pesquisa aplicada neste ano observou os mesmos parâmetros da realizada em 2014. A despeito do tempo de aceite de respostas, mais de um mês, foram registrados 57 retornos da população regional, oriundos de residentes em 22 municípios do Vale do Taquari. Os respondentes foram convidados a opinar a partir de suas experiências com a telefonia fixa, a móvel e a internet na região.

A telefonia fixa
Todos os municípios possuem serviços de telefonia fixa no Vale do Taquari - a cobertura da Oi é de 73,7% nos 22 indicados pelos respondentes da pesquisa. No entanto, metade dos respondentes (50%) informa que este serviço não está disponível em todo o município, uma vez que são várias as áreas rurais com problemas na telefonia fixa.

A rede móvel
Em relação às operadoras mais utilizadas no Vale do Taquari, a percepção dos respondentes é a seguinte:

91,2% - Vivo
70,2% - Claro
52,6% - Tim
40,3% - Oi

Em se tratando dos serviços prestados, 90,8% dos respondentes apontam que os serviços são péssimos, ruins ou regulares. O percentual da pior avaliação - a péssima - é superior aos 35%. A pior classificação é da operadora Tim, seguida pelas operadoras Oi e Claro.

A conexão de internet
Em se tratando dos serviços de internet foram indicadas 18 diferentes empresas prestadoras de serviços. Para 63,1% dos respondentes as conexões prioritárias são fibra óptica e rádio; seguidas por rede móvel (3G/4G) e rede cabeada.  A avaliação dos serviços de internet na região também é negativa. Para 79,3% dos respondentes os serviços de internet ou são péssimos, ou ruins ou regulares.

Texto por: Lucas George Wendt/Codevat]]>
Codevat participa da construção do Plano Plurianual do Estado Thu, 25 Apr 2019 16:33:48 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/253/?codevat-participa-da-construcao-do-plano-plurianual-do-estado.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/253/?codevat-participa-da-construcao-do-plano-plurianual-do-estado.html
No documento entregue ao Governo do Estado, que reúne cinco estratégias prioritárias para os dois Coredes, a Região Funcional 2 (Vales do Rio Pardo e Taquari), destaca que suas linhas prioritárias de atuação almejam a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.

Assim, as estratégias de desenvolvimento perpassam a qualificação de cadeias produtivas tradicionais (APLS de agroindústrias); a infraestrutura para solucionar problemas sócio-ambientais e aumentar a produtividade regional (saneamento básico, telecomunicações e energias renováveis); e, o desenvolvimento tecnológico e inovação, que possibilitam o aumento da competitividade regional.

O evento aconteceu no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF).

Texto por: Lucas George Wendt/Codevat]]>
Em assembleia geral, Codevat reforça atuação por demandas regionais Wed, 17 Apr 2019 16:53:59 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/252/?em-assembleia-geral-codevat-reforca-atuacao-por-demandas-regionais.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/252/?em-assembleia-geral-codevat-reforca-atuacao-por-demandas-regionais.html
Em relação às contas, que foram apresentadas aos membros da assembleia pela presidente do Codevat, Cintia Agostini, o repasse do convênio com o governo do Estado para 2018 era de R$ 24.241,45. O valor empregado pelo Codevat para o desempenho e manutenção de suas atividades no período foi de R$ 23.488,01, o que resultou em devolução ao Estado de R$ 753,44. Os valores da prestação de contas específicos da Consulta Popular para o último ano - o montante recebido pelo Conselho para aplicação no desenvolvimento deste trabalho - foram: R$ 29.540,09 recebidos; dos quais R$ 24.814,04 foram utilizados. A devolução ao Estado foi de R$ 4.726,05.

Regionalização do Estado
Os diferentes recortes regionais existentes no Rio Grande do Sul dificultam as ações municipais e a implementação das políticas públicas estaduais. Assim, o tema da regionalização do Estado volta ao debate com o novo governo estadual. Ainda em 2018 aconteceram discussões sobre a regionalização, prioritariamente nas áreas vinculadas às secretarias de educação e saúde. “Existem 27 recortes regionais diferentes no Rio Grande do Sul”, diz a presidente. “A gestão do governo do estado quer tratar deste tema”, revela. “Vamos sugerir utilizar um recorte que adeque os municípios lindeiros e trabalhe com as regionalizações de planejamento, vinculadas aos Coredes. A medida que o governo sinalizar querer discutir estaremos prontos para o debate”.

EGR e concessões de rodovias estaduais
A presidente também trouxe para o debate as rodovias estaduais, dada a incerteza da continuidade dos serviços da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). “Como será a transição? Não podemos deixar isso acontecer sem debate qualificado. Quem entra depois? Será feita uma nova concessão ou o estado assume a responsabilidade?”. Um pedido de pauta conjunta entre a Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), Associação dos Vereadores do Vale do Taquari (Avat) e Câmara de Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CICVT) na região com a Secretaria de Gestão e Governança Estratégica do governo do estado já foi solicitada. “A agenda deve sair nos próximos dias”.

Metodologia e pagamentos da Consulta Popular
Cíntia trouxe os dados da referentes à Consulta Popular. “Neste ano será pago aos Coredes cerca de R$ 40 milhões do valor da consulta realizada no último ano. Prioritariamente é a Saúde. A Segurança vai receber valor também”. No geral, a presidente comentou que existem poucas informações sobre como se dará este processo, até então. O orçamento do Estado não tem condições de comportar os repasses integrais do que foi buscado em 2018. Isso significa dizer que, em um primeiro momento, apenas os valores de projetos encaminhados pelo Vale na área da Saúde e Segurança serão contemplados com repasse para execução.

Em 2019 a Consulta Popular chega aos 20 anos. “Ela nasceu com o objetivo de tratar projetos de desenvolvimento regional”, diz Cíntia. “Ao longo do ano os Conselhos devem sugerir debates para a construção de um processo mais qualificado de debate regional para que a gente possa iniciar os próximos 20 anos”. A presidente destaca a viabilização de uma nova metodologia que tenha um caráter mais regional. “Devemos pensar cenários de projetos que tenham um volume maior de recurso e que possam gerar impacto regional”.

Telecomunicações no Vale do Taquari
Um tempo da assembleia foi dedicado à apresentação dos resultados da pesquisa recentemente realizada para verificação das condições das telecomunicações na região. A tarefa do Vale do Taquari é reiniciar discussões que tiveram espaço nas pautas do Conselho entre 2014 e 2016. “Em quais condições que se faz esse debate? Vamos ao Ministério Público? Vamos à agência reguladora?”, questiona Cíntia aos presentes. “Alguma coisa temos que fazer.” Em pauta conjunta com a Amvat, Codevat, CICVT concordou-se em levar a demanda ao Procon e ao Ministério Público. Uma reunião da Amvat, em 26 de abril, será aproveitada para apresentação das problemáticas das telecomunicações aos dois órgãos - Procon e MP.

CCR ViaSul
A pauta principal da assembleia geral do Codevat foi a apresentação da empresa CCR ViaSul, responsável pela concessão da Rodovia da Integração do Sul (BRs 386, 448, 290, 101).

O engenheiro e diretor-presidente da CCR MSVia, Roberto Calixto, e a gestora de relações institucionais do Grupo CCR, Simone Suzzin, estiveram presentes para socializar o projeto da CCR ViaSul na construção da Rodovia da Integração do Sul. “A CCR atua em sete estados, mas esse projeto é o primeiro no RS”, destaca Calixto. A empresa tem duas décadas de atuação e trabalha com concessão de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos, serviços de aeroporto e transporte de dados.

Dos 36 municípios do Vale, dez deles tem trajeto no percurso da concessão. Simone destacou a intenção da CCR em atuar em conjunto com os municípios para construir uma relação fortalecida. “Na última segunda foram finalizados os primeiros 60 dias de operações completa na Freeway. Foram 5,1 mil atendimentos neste período”, revela Calixto. A particularização dos investimentos da CCR no projeto, em especial no que se relaciona com a BR 386, foi levantada pelo diretor-presidente. Na BR 386 já foram realizadas roçadas, desobstrução de bueiros e alguma pavimentação. “Essas são as tarefas da primeira intervenção, que é muito superficial. Não é estrutural”.

Calixto traz outros dados, que indicam que já foram retirados 83 caminhões de lixo na BR-386. São 18 equipes apenas nesta rodovia. Cerca de 1 mil trabalhadores estão envolvidos nos serviços iniciais intensivos ao longo de todas as BRs - 101, 290, 448, 386. A cobrança de pedágio na BR 386 inicia em fevereiro de 2020. Para o mesmo ano está prevista a restauração do pavimento. A duplicação da via está prevista para 2021.

Texto por: Lucas George Wendt/Codevat]]>
CONVITE - Oficina de análise e seleção de projetos passíveis de financiamento do BRDE Mon, 04 Feb 2019 14:33:20 -0200 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/251/?convite---oficina-de-analise-e-selecao-de-projetos-passiveis-de-financiamento-do-brde.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/251/?convite---oficina-de-analise-e-selecao-de-projetos-passiveis-de-financiamento-do-brde.html A partir do Planejamento Estratégico, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) avaliou os projetos citados no plano e propôs reuniões regionais, com o intuito dos municípios/empresas/entidades avaliarem as linhas de financiamento do BRDE ou outras possibilidades de captação de recursos para projetos. Participa dessa oficina além do BRDE, representantes do Ministério da Integração e da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).
Nesta oficina estão convidados a participarem representantes dos setores público e privado. 

Pedimos que os municípios repassem esse convite aos interessados e tragam pelo menos dois representantes,  um para avaliar as linhas de financiamento do BRDE  e outro para as outras possibilidades de captação de recursos para projetos.
As entidades em geral e setor privado pedimos que compareçam e que repassem esse convite a todas as pessoas que achar necessário, pois todos podem participar dessa seleção.

Confirmações de presença pelo e-mail codevat@univates.br até o dia 15 de março.
]]>
CODEVAT 27 ANOS Tue, 13 Nov 2018 14:36:04 -0200 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/250/?codevat-27-anos.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/250/?codevat-27-anos.html ]]> ANTT confirma data do leilão da Rodovia da Integração Sul Thu, 18 Oct 2018 15:31:35 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/249/?antt-confirma-data-do-leilao-da-rodovia-da-integracao-sul.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/249/?antt-confirma-data-do-leilao-da-rodovia-da-integracao-sul.html A Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) confirmou a data para realização do leilão de concessão da Rodovia da Integração Sul, formada por trechos das BRs 101, 290, 386 e 448, perfazendo 473,4 quilômetros de extensão. Será no dia 1º de novembro, em São Paulo. Conforme a presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Cíntia Agostini, seis empresas estão credenciadas para disputar o certame.

“São seis interessados entre consórcios e empresas, inclusive, empreendimentos do exterior, novidade desta concessão”, revela. A BR-386 passará a contar com quatro praças de pedágio: Montenegro, Victor Gräff e duas no Vale do Taquari — Fontoura Xavier e na divisa entre Fazenda Vilanova e Paverama.

“Definido o vencedor do leilão, em fevereiro de 2019 devem iniciar as obras de construção das novas praças de pedágio. A partir daí, dentro de um ano, ou seja, fevereiro de 2020, começa a cobrança de pedágio”, explica Cíntia. O indexador da tarifa está fixado em R$ 7,24. “O leilão vai avaliar os lances a partir deste valor para baixo. Vencerá a empresa que oferecer o menor valor”, esclarece a presidente do Codevat.

A duplicação da BR-386, no sentido capital/interior a partir de Lajeado, está programada para começar em 2023. “O primeiro ano de pedagiamento será destinado a conservação das estradas. A partir do terceiro ano, em 2023, começará a obra de duplicação do trecho entre Lajeado e Marques de Souza. Concluída esta etapa, será a vez do trecho Soledade/Fontoura Xavier, e dai por diante”, comenta.

O edital prevê a concessão dos trechos pelo período de 30 anos. 

]]>
Consulta Popular 2018 Tue, 26 Jun 2018 13:18:40 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/248/?consulta-popular-2018.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/248/?consulta-popular-2018.html É hoje! Ajude a escolher as prioridades do Vale!

Formas de votação:
1ª: Pelo site www.consultapopular.rs.gov.br - votação das 7h do dia 26/06 até às 23h59min do dia 28/06;
2ª: Pelas urnas disponibilizadas pelo CODEVAT (aplicativo offline) - votação a partir das 7h do dia 26/06 até às 23h59min do dia 27/06;
3: Votação por SMS (gratuito): mandar um SMS para 27902 com a sequência RSVOTO#títulodeeleitor#nº do programa - votação das 7h do dia 26/06 até às 23h59min do dia 28/06.

O desenvolvimento do Vale do Taquari começa por você!!!

]]>
Comunicado Oficial - Risco de Emergência Sanitária Tue, 29 May 2018 16:40:05 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/247/?comunicado-oficial---risco-de-emergencia-sanitaria.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/247/?comunicado-oficial---risco-de-emergencia-sanitaria.html parados ou bloqueados em diversos pontos do Rio Grande do Sul, um grupo de entidades do Vale do Taquari
reuniu-se na tarde desta terça-feira para discutir saídas para esta crise.
Considerando:
- Que existe hoje em campo, nos Vales do Taquari e Serra:
- 42 milhões de frangos
- 960 mil suínos
- 950 mil litros de leite produzidos por dia
- Que estes animais são propriedade de 5.800 famílias de produtores rurais;
- Que 3 milhões de frangos já estão sem alimento;
- Que 72 horas, contando desta terça-feira (29/5), é o prazo para que os frangos e suínos comecem a morrer
ou a praticar canibalismo;
- Que não haverá logística nem estrutura para o descarte desta quantidade de carcaças;
- Que uma mortandade neste volume acarreta risco sanitário de grandes proporções para a saúde humana,
risco de poluição de lençóis freáticos, cursos d´água e terras;
- Que as indústrias que processam estes itens empregam cerca de 9 mil funcionários;
- Que as indústrias de aves e suínos já estão com atividades paralisadas e que as indústria de leite deverão
parar por falta de insumos nas próximas 24 horas, contando desta terça-feira, 29/5.
As entidades decidem:
- Manifestar publicamente sua preocupação com a situação iminente de emergência sanitária a instalar-se
em toda a região nas próximas horas se a logística não for restabelecida;
- Manifestar sua contrariedade com a manutenção dos bloqueios, em especial aos veículos transportadores
de ração e insumos para animais;
- Solicitar aos organizadores que desbloqueiem imediatamente as vias interrompidas e/ou permitam a
passagem ou saída dos veículos;
- Afirmar sua inconformidade com as perdas irreversíveis já ocorridas, que prejudicam milhares de famílias
na região e que gerarão impactos negativos ainda não dimensionados.
Como um dos principais polos produtores de alimentos do país, as entidades do Vale do Taquari reforçam
seu convicção de que, se a atual situação se mantiver, poderá estar sendo gerada uma situação de
emergência sanitária sem precedentes e com consequências e dimensão desconhecidas na história do Rio
Grande do Sul.
Assinam as entidades:
Amvat – Associação dos Municípios do Vale do Taquari
Codevat – Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari
Consisa – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Taquari
Sindicato dos Trabalhadores Rurais
Emater RS
Codeter – Colegiado do Desenvolvimento Territorial do Vale do Taquari


Lajeado, 29 de maio de 2018.]]>
Reuniões Microrregionais da Consulta Popular - Orçamento 2019 Fri, 11 May 2018 15:37:59 -0300 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/246/?reunioes-microrregionais-da-consulta-popular---orcamento-2019.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/246/?reunioes-microrregionais-da-consulta-popular---orcamento-2019.html Durante esta semana, aconteceram as três primeiras reuniões microrregionais da Consulta Popular. 
Na segunda (07), Doutor Ricardo sediou a primeira reunião, que contou com a presença de 59 pessoas que representaram a microrregião 6: Nova Bréscia, Coqueiro Baixo, Relvado, Doutor Ricardo, Anta Gorda, Putinga, Ilópolis e Arvorezinha. Na reunião foram apresentados sugestões de projetos em diversas áreas, e destes foram escolhidos os 5 que serão apresentados na Assembleia Ampliada no dia 29 de maio, que definirá os projetos que irão para a cédula de votação: Videomonitoramento e cercamento eletrônico; Programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural; Implantação de espaços pedagógicos que favoreçam a aprendizagem; Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar e Reaparelhamento dos Órgãos de Segurança. Também foram definidos os delegados, que terão direito a voto na Assembleia Ampliada: Valdinei Rosa, Alvaro Giacobbo e Rogemir Civa.
Na quarta (09), durante a tarde Encantado sediou a reunião da microrregião 5, que contou com 33 pessoas dos seguintes municípios: Encantado, Roca Sales, Muçum, Vespasiano Corrêa e Dois Lajeados. Dos projetos apresentados, os 5 que serão levados a Assembleia são: Reaparelhamento dos Órgãos de Segurança; Programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural; Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar; Cadeias produtivas e fomento agropecuário (Suinocultura) e Ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para os Hospitais do Vale do Taquari. Celito Turatti foi eleito delegado desta microrregião. 
À noite, reuniram-se na Câmara de Vereadores de Estrela, 46 pessoas vindas dos municípios de Estrela, Teutônia, Poço das Antas, Westfália, Colinas e Imigrante para a reunião da microrregião 2. Foram apresentados 5 projetos que irão ser apresentados no dia 29 de maio: Implantação de espaços pedagógicos que favoreçam a aprendizagem; Plano estadual de Saneamento Básico; Reaparelhamento dos Órgãos de Segurança; Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar e Ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para os Hospitais do Vale do Taquari. Nesta reunião foram escolhidos Edinéia Welter e Paulo Cezar Sulzbach como delegados da microrregião.

As próximas reuniões acontecem na próxima semana, conforme agenda:
- 14/05, às 19h na Escola Ana Neri em Marques de Souza (Microrregião 4)
- 15/05, às 09h na Escola Guararapes em Arroio do Meio (Microrregião 3)
- 18/05, às 09h no Auditório da Prefeitura de Fazenda Vilanova (Microrregião 1)

]]>
Boas Festas!!! Fri, 22 Dec 2017 09:37:56 -0200 http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/245/?boas-festas.html http://codevat.org.br/noticia/visualizar/id/245/?boas-festas.html ]]>